quarta-feira, 13 de maio de 2009

Sintoma

Para os comentaristas e suas dúvidas

O tigre tem listras pelo corpo. No vão entre uma e outra, a farpa. O tigre tem força pelo corpo todo. A elegância com que se movimenta faz esquecer que também pesa, que também esboça tédio, no intervalo de sua ação de caçador implacável. A farpa que acompanha o tigre, escondida entre uma listra e outra, é invísivel, até mesmo para quem tem coragem de chegar perto dele. O tigre pensa que ele é a farpa também. E se espanta de que haja, dentro dele mesmo, algo que o fira, sem intervalos. Aprende a andar, aprende a rugir, aprende a matar, mas não sabe retirar a farpa. A farpa, objeto estranho, ali depositado, no flanco, no espaço vago, a farpa é o olho direito de outro tigre. Olho alheio, esse objeto que se instala na vida de um tigre, feito farpa.

8 comentários:

Mr. Almost disse...

Grrrauuuuu! Grrrauuuuu!...

Não há bem que sempre dure nem mal que se perdure.

Por vezes, temos de parar para lamber as feridas e recuperar forças, tigresa.

Anônimo disse...

sr...quase...quase homem...mas deve ser uma tigresinha bigoduda.

LÍVIA NATÁLIA disse...

Forte.
Esta farma maldita que fere e sangra, também nos anuncia, no dor mesmo, que permanecemos vivos.

Chorik disse...

O tigre, como o leão da fábula e seu espinho, precisa do ratinho.

Noslen ed azuos disse...

Olá amiga (meio Hebe Camargo isso né! rsrsrs), quanto tempo, alias este é meu problema ultimamente, ando sem tempo e gosto de vir te ler com bastante tempo, suas leituras são legais de imaginar, ler com a alma.
Creio que semana que vem estarei mais tranqüilo para te visitar.

bjs
ns

orlando pinhº d-silva disse...

mara que mesa esplêndida! já havia sido no primeiro dia, e ontem, a voltagem crítica, criativa, e emocional só cresceram.
a sua fala, sua sagacidade, a velocidade e a lucidez de sua fala me deixou quase sem fôlego!
já saí correndo, atrás de conhecê-la melhor, e ao seu trabalho.
por aquí, mais inquietude, e uma explosão de metáforas.
que grata surprêsa!
parabéns!!!!!!!

Celine Ramos disse...

A farpa acompanha. E quando vira parte do corpo, o incomodo parte da vida. É preciso muitas litras, muita vontade para alcançar, ver o corpo estranho.


Tem post Nordeste Ajuda Nordeste no Moblog. Passa lá.

Beeeeeeijo

Cora disse...

Tinha um post lindo aqui! tinha sim!! eu vi!!!