domingo, 10 de fevereiro de 2008

Fome é melhor que meia refeição

Quando criança, podiam me obrigar a comer a carne com parcimônia. Não fosse eu devorá-la na primeira garfada e depois fixar com olhos de louca sem consolo o prato de minha irmã. Quando criança. Agora, não há quem me faça adiar a mesa posta. Você me ofereceu sua carne e pediu os meus serviços de garfo e faca. Sair do prato enquanto estou mastigando faz de você uma porção de carne fraca.

Um comentário:

srta. rosa disse...

Perfeito pro meu momento. Adorei e voltarei mais vezes...