domingo, 6 de junho de 2010

PROVOCAÇÕES

Quem me conhece sabe que sou quase ignorante quanto ao reino dos HTML.
Então, não sei fazer uma super-produção de marketing, com links e tecnologias de vídeo...
Amanhã com certeza algum amigo me ajudará, mas hoje, para adiantar, posso contar que Roney Maurício, o amigo que esteve ao meu lado durante toda a trajetória deste blog e que foi um dos responsáveis pela minha coragem de publicar o Fábulas Delicadas, me deu de presente, pelo TWITTER, a notícia de que Antonio Abujamra leu um texto meu no seu programa Provocações (445). Fui para o site, ouvi e senti uma emoção enorme.
Porque todos têm direito de gostar de outros blogues, de outras escritoras, de outros livros. Mas faz um bem enorme quando sei que pessoas que eu admiro muito gostam do que eu escrevo. E aí, essas pessoas reafirmam minhas verdades. E o Antonio Abujamra, para mim que sou de São Paulo, é uma referência de infância, e da minha adolescência, quando eu fazia parte do MPA(Movimento Popular de Arte) e fazia teatro de rua, e ele sempre foi meu ídolo. E agora, ouvi-lo lendo um poema meu não me faz mais vaidosa, não me faz menos desajustada, mas me diz que, assim como os dragões, borralheiras, adolescentes que como eu nasceram no Itaim Paulista (nos confins da Zona Leste de Sampa) e até alguns patos mal entendidos, eu sou um cisne quando escrevo!

Veja o programa aqui.

16 comentários:

Ludmila Rohr disse...

Lindo....mas "disconcordo" quando vc diz que isso não te faz mais vaidosa...

Acho que voce devia ficar muuuuito mais vaidosa com isso!!!!

Bjos

Eliana Mara de Freitas disse...

Lud,
talvez...

mas é que agora, estou besta e boba!
Acho que amanhã vou ficar vaidosa e metida!


Beijos

Mauro disse...

Parabéns! Parabéns!Parabéns!

Maria Muadiê disse...

muito bom! muito bom! estou feliz.
beijo

Lidi disse...

Parabéns, Li. Você merece. E pode ficar vaidosa mesmo. Um beijo.

Cora disse...

Uma provocação:

- Ordinária! (rs)

...tanta clareza e tanta simplicidade na tua escrita elegante.

E tão bom te ver reconhecida por aí. Que venham os louros! Parabéns.

Nareda Potin disse...

Ô, Professora!

Primeira visita em seu blog. Também fui ver o poema na voz do Antônio.

Com mais tempo, vou ler postagens antigas e ver como é a Eliana Mara no mundo virtual, fora da sala de aula ou da sala de Lit. Cont. Brasileira. Múltiplas Elianas por aí. Aposto.

Beijos,
Déa (GEPRO).

PS. O Nareda é meu nome brincado.

Chorik disse...

Ué, tavas pensando ser patinho feio. Que isso menina? És cisne, e dos mais belos!

Parabéns (ah! como vais ficar metida)...rs

Noslen ed azuos disse...

so sinto uma coisa, ñ ter visto o programa (este q eu sempre vejo), mas fico muito feliz por vc, meu o Aburranja é o máximo, parabéns...

ns

Andréia M. G. disse...

Parabéns, Eliana! Fiquei feliz por vc. Acho Abujamra fantástico. Imagino que vc deve estar um cisne saltitante. rs Merecido reconhecimento de seu trabalho. :-)

Blog do Akira disse...

Li
Sábado, 05/06, eu estava assistindo na mesma TV Cultura, o "Manos e Minas" dedicado a Edvaldo Santana e ele também referenciava O MPA, a importancia desse agrupamento para o desenvolvimento cultural, não só para a Zona Leste, como para toda cidade de São Paulo. Sim, porque houve um momento em que começamos a exportar o modelo de resistencia e luta do MPA para todas as regiões de Sampa.
Agora o Abujamra amplifica conceitos e qualidades da sua poesia maravilhosa, e voce também referencia momentos caros de todos nós no final dos anos 1970, é demais para o meu velho coração. Saiba que com a precocidade doce, feroz e virulenta da sua arte, voce era mascote e princesa de todos nós. Hoje é referencia.
Parabéns e obrigado por sua luz.

Sueli Kimura disse...

Bonita, sabes que toda vez que brilhas, reflete em mim.

parabéns

te amo

Amèlie disse...

Li,

Fiz de tudo pra aceitar seu convite no facebook, mas praquilo sou uma negação, meto os pés pelas mãos. Não sei se funcionou...

Tenho lá 23 solicitações e não estou conseguindo visualizar.

Enfim, isso é o de menos.

Vim aqui dar trazer um beijo especial.


Sobre o post, fique vaidosa sim, por favor!!!


Beijos

Gil Cardoso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gil Cardoso disse...

Lá vem o pesquisador singrando mares.
Lá vem a moça bonita caminhando na praça.
Lá vem o menino, inocente olhar de anjo.
Lá vem o raio de sol.
Todos tem um só destino:
Vêm se encantar com tuas asas borboleta, com tua doce melodia pousada em palavras.

Voa pro sucesso borboleta.
Que tuas fábulas delicadas e teus doces feitiços receitados em prosa e verso encantem ao mundo.

Beijo.

Leti Montenegro disse...

Es tu agora mais que borboleta para mim... Estar próxima em todos os momentos, e em mais esse de sua vida, é para mim como um presente. Te amar é par amim como uma aprendizagem. São verdadeiras suas palavras quando diz que estou construindo o meu mundo, e me emociono ao ver que nesse processo de construção há a escritora de fábulas tão delicadas. Tu es a borboleta dedicando tempo a ajudar a lagarta amiga a tornar-se borboleta também, e aprender a voar. Sabe que eu acho que isso junta créditos nas contas divinas? rsrsrs beijos