domingo, 14 de outubro de 2007

Línguas estrangeiras I

[experimentação] Um corpo físico composto de gradação de laranjas, seguido de um ramalhete em que os verdes esvoaçam. Se adicionado a este conjunto expõ-se um título, surge a composição do signo familiar: cenoura. Se então, migro para outra gramática, digo carrot e digo o mesmo. [aproximação discutível] Talvez, tanto quanto, ao me olhar Eliana, você me diz Sílvia, presente nesta aula em que pronuncio o que vejo, antes do que penso e distante demais do que sinto. [obviedade e nenhum efeito de lirismos]. Baralho dos signos e este instante em que me dispo: coberta das roupas todas que trouxeste sob medida para o corpo que só teu sonho fixa.

Nenhum comentário: