segunda-feira, 19 de julho de 2010

Tudo azul

Colher, copo e prato: tudo azul e tudo de plástico. Tudo feio, feito para crianças pobres comerem merenda ruim. Percebo agora que na infância o que me foi retirado, em primeiro lugar, foi o direito à beleza.

5 comentários:

Ludmila Rohr disse...

Ainda bem que não lhe privaram do direito ao SONHO!!
Essa sim é uma privação mortal!
Com a sua capacidade de sonhar intacta, vc pode construir muita beleza e delicadezas!

Chorik disse...

Só não conseguirar tirar a beleza de dentro de você, né Eliana.

Maria Muadiê disse...

Texto rico, Eliana. Forte.
Pensando em vc: a sua beleza foi/é maior.
Pensando nas crianças tratadas como pobres: rouba-se muito delas.
De forma implacável e violenta.

Í.ta** disse...

dói.

mas o texto é bom quando dói mesmo.

ótimo!

abraço!

Richard Serraria disse...

"O Mundo é pequeno pra caramba", dizia André Abujamra. Estamos em Salvador, quando puder mantenha contato: serraria@gmail.com
Gracias e imenso abraço!