quinta-feira, 5 de maio de 2011

Sarau I

O que
eu escrevo
importa?
O que eu escrevo
aperta o
seu dedo mindinho
na porta?


O que eu escrevo
me torna
uma porta
que aperta
os meus meninos, os mindinhos
e o meu pescoço nas  cordas

Um comentário:

Saulo Moreira disse...

...isto parece como eu gostaria de sorrir ao ler o dedo impressado pelo jeito seu poemoso de ser.